• 21 3203-5104
  • 21 2526-1077
Avenida Treze de Maio, 41 - Gr. 903/904 - Centro Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20031-007

Notícias

Empréstimo do CAIXA Tem vale a pena? Compare taxa de juros e parcelamento

Entenda se o empréstimo do Caixa Tem vale a pena.

No final do ano passado, a Caixa Econômica Federal lançou o programa de crédito Caixa Tem. Essa oferta de empréstimo pode ser solicitada pelo celular, com valores que vão de R$ 300 a R$ 1 mil. Entenda se o empréstimo do Caixa Tem vale a pena.

No final do ano passado, a Caixa Econômica Federal lançou o programa de crédito Caixa Tem. Essa oferta de empréstimo pode ser solicitada pelo celular, com valores que vão de R$ 300 a R$ 1 mil. Entenda se o empréstimo do Caixa Tem vale a pena.

Empréstimo do CAIXA Tem vale a pena? Compare taxa de juros e parcelamento (Imagem: Montagem FDR.com.br)

A Caixa oferece duas linhas de crédito, a Caixa Tem Pessoal e a Caixa Tem para o Seu Negócio. As taxas de juros são de 3,99% ao mês. O pagamento pode ser feito em até 24 vezes.

O crédito Caixa Tem Pessoal está disponível para o cliente utilizar no que precisar — inclusive em despesas pessoais. Já o Crédito Caixa Tem para o Seu Negócio serve para o investimento produtivo do negócio.

A atualização cadastral e o pedido do empréstimo estarão disponíveis de forma escalonada aos clientes que possuem contas digitais no Caixa Tem, de acordo com o mês de aniversário.

Já a abertura de conta no aplicativo Caixa Tem para novos usuários será permitida a partir de 8 de novembro. O procedimento também acontecerá de modo escalonado, considerando o mês de aniversário da pessoa. Vale destacar que a oferta de empréstimo dependerá de aprovação pelo banco.

Empréstimo do Caixa Tem vale a pena?

Ao Diário do Nordeste, o economista Alex Araújo afirma que, para o público de baixa de renda — que não possui muita disponibilidade orçamentária —, a taxa é muito elevada. Ao ano, a cobrança chega a quase 48% ao ano.

De acordo com Araújo, o uso desse crédito sem um trabalho de educação financeira associado pode causar um superendividamento das famílias. Caso seja possível, o consignado e o microcrédito contam com taxas menores, de acordo com o especialista.

Atualmente, a taxa média do microcrédito é de 2% ao mês — quase a metade da cobrada pela Caixa. No caso do empréstimo consignado, as taxas variam entre 1,5% e 1,8%, conforme o economista.

Comparação com outras instituições financeiras

Conforme apurado pelo UOL, as taxas e prazos oferecidos por algumas das principais instituições financeiras são:

Empréstimo pessoal:

  • Itaú Unibanco: taxas de 1,37% a 8,35% ao mês, com pagamento em até 60 meses
  • Santander: taxas de 1,49% a 12,4% ao mês, com pagamento em até 60 meses
  • Caixa: taxas a partir de 1,59% ao mês, com pagamento em até 60 meses
  • Banco do Brasil: taxas de 2,81% a 5,89% ao mês, com pagamento em até 72 meses
  • Bradesco: taxas de 6,00% a 8,99%, com pagamento em até 48 meses

Microcrédito para empresas:

  • Santander: taxas a partir de 2,50%, com pagamento em até 24 meses
  • Bradesco: taxas a partir de 2,79%, com pagamento em até 24 meses
  • Banco do Brasil: taxas a partir de 2,80% ao mês, com pagamento em até 18 meses
  • Itaú Unibanco: taxas de até 3,79% ao mês, com pagamento em até 15 meses
  • BNDES: taxas de até 4% ao mês, com prazo paga pagamento negociável
Todos os direitos reservados | © 2021 | Planaccount - Escritorio de Contabilidade | Política de Privacidade
desenvolvido por